site2.png
site_3.png
site_4.png
site5.png
site_1.png

NOVAS MEDIDAS INDÚSTRIA 4.0

É uma iniciativa do Ministério da Economia português com o principal objetivo de acelerar a adoção da indústria 4.0 pelo tecido empresarial português. Numa primeira fase foram auscultadas mais de 80 empresas e entidades que propuseram um conjunto de recomendações e medidas para esta adoção acelerada. Na segunda fase da iniciativa as medidas encontradas serão implementadas e dinamizadas por vários stakeholders.

Objetivos do programa

1. Acelerar a adoção da i4.0 pelo tecido empresarial português

- Dotar o tecido empresarial com conhecimento e informação
- Promover um conjunto de ferramentas para transformação empresarial
- Capacitar e reajustar a força de trabalho nacional

 

2. Promover os fornecedores tecnológicos portugueses como players i4.0

- Capitalizar o ecossistema científico e tecnológico
- Criar um contexto favorável ao desenvolvimento de startups i4.0
- Promover soluções tecnológicas nacionais em contexto internacional

 

3. Tornar Portugal um polo atrativo para o investimento em i4.0

- Comunicar o país enquanto HUB de partilha de experiências e know-how para atração de recursos
- Criar condições favoráveis (legais e fiscais) para o investimento direcionado à i4.0

 

Dentro das principais medidas consta o desenvolvimento de um conjunto de mecanismos de financiamento destinados a projetos no âmbito Indústria 4.0 de forma a acelerar os investimentos e incentivar a adoção por parte do tecido empresarial português. Integrados nestas medidas estão as seguintes tipologias de incentivos:

 

• Vale i4.0 para Micro e Pequenas e Médias Empresas: Criação de um mecanismo específico para incentivo ao investimento a projetos i4.0, cujo formato seja semelhante aos Vales já existentes no âmbito do Portugal 2020. No caso do Vale i4.0 será um apoio destinado a promover o investimento de micro empresas e PME em projetos no âmbito do desenvolvimento de comércio eletrónico e marketing digital. O vale terá uma dotação global de 12 M€ e irá abranger 1500 empresas, sendo cada vale de valor unitário de 7.500 euros;

 

• Qualificação de PME: para criar condições da implementação de medidas de adesão à i4.0 (estudos, informatização), designadamente no âmbito da gestão e do marketing digitais e do comércio eletrónico;

 

• Inovação Produtiva: para implementação de soluções produtivas inovadoras utilizando processos digitais de controle digital;

 

• Programas Mobilizadores de “Investigação e Desenvolvimento Tecnológico”: Promoção e criação de incentivos para o desenvolvimento de tecnologias e modelos i4.0 de aplicabilidade transversal e duradoura, com impacto crítico na competitividade do tecido empresarial português.